Espinosa, meu éden

Espinosa, meu éden

domingo, 21 de janeiro de 2018

1901 - Pathy e Rebecca são Campeãs Sul-Americanas na etapa de Nova Viçosa (BA)

Ô trem bão, sô! A nossa conterrânea Ana Patrícia, a Pathy, continua fazendo história pelas quadras de areia do país e do exterior. Neste domingo, 21 de janeiro, a nossa Pathy e a sua parceira Rebecca se tornaram Campeãs Sul-Americanas na etapa disputada na Praia Lugar Comum, em Nova Viçosa, na Bahia. Em uma disputa acirrada com outra dupla brasileira composta por Tainá e Victoria, Pathy e Rebecca venceram por 2 sets a 1, com os placares de 21/13; 15/21 e 15/4. Elas devolveram a derrota na estreia por 2 x 0 (13/21 e 17/21) para a mesma dupla.  
As atuais Campeãs Sul-Americanas e primeiras do ranking no torneio, Pathy e Rebecca, atletas do CT Beach Volley High Performance, venceram ainda as duplas Villar e Churin da Argentina por 2 x 0 (21/4 e 21/10), Maria Clara e Carol Horta por 2 x 0 (23/21 e 21/13 nas quartas de final) e Lili e Josi também por 2 x 0 (21/17 e 21/17).  
Elas irão agora disputar a 4ª etapa do Circuto Brasileiro, que será realizado em Fortaleza, no Ceará, na Praia de Iracema, nos dias de 24 a 28 de janeiro de 2018.
No masculino, a dupla argentina masculina de Nicolás Capogrosso y Julián Azaad logró el título en la 1° Etapa del #CSVPNovaViçosa, con el 2-1 en la final ante los locales Fernando/Ramón Gómez con parciales de 18/21, 21/16 y 15/11.



"O Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia 2018 iniciou-se neste final de semana, dias 19 a 21 de janeiro, na cidade de Nova Viçosa, no litoral sul da Bahia. O torneio contou com seis duplas brasileiras no naipe feminino, além de outras quatro no torneio masculino, inclusive com a presença do campeão olímpico Ricardo. O naipe feminino também teve a presença de uma medalhista olímpica, a atleta Juliana Felisberta, medalha de bronze nos Jogos de Londres ao lado de Larissa. Agora ela teve como parceira a paraibana Andressa. As outras duplas são Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Tainá/Victoria (SE/MS), Josi/Lili (SC/ES), Maria Clara/Carol Horta (RJ/CE) e Anne Catherine/Ana Carolina (RJ/MS).  Foi a primeira vez que Nova Viçosa recebeu uma etapa do torneio continental, que em 2018 contará com sete etapas. Ana Patrícia e Rebecca venceram duas etapas do torneio continental na temporada passada. A quinta etapa do circuito também acontece na Bahia, em março, na cidade de Santa Cruz Cabrália, no sul do estado. O evento será transmitido pela DirecTV e também pelo site da Confederação Sul-Americana de Voleibol. O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro." Fonte: http://voleidepraia.cbv.com.br
Já virou rotina a gente comemorar com orgulho total as vitórias e conquistas da nossa gigante Pathy. Assim, continuamos torcendo e desejando boa sorte e muito sucesso nos torneios que virão a esta "Menina de Ouro" da nossa cidade. Valeu e muito obrigado por levar sempre ao mais alto lugar do pódio o nome da nossa Espinosa, Pathy!
Um grande abraço espinosense.

1900 - Um sábado Beatlemaníaco em Montes Claros

Um sábado qualquer, igual a tantos outros sábados ensolarados na "muy caliente" Montes Claros. Mas só que não! Este foi especial, um dia aprazível sob o som eternamente maravilhoso daqueles quatro cabeludos rapazes de Liverpool que imortalizaram suas canções de forma tão marcante em minha vida e nas vidas de tantos milhões espalhados pelo mundo inteiro. No agradável ambiente do Ilha Bella Chopes e Gastronomia, estivemos presentes na apresentação encantadora dos músicos Cid Monteiro, dos seus talentosos filhos João Ícaro (na guitarra e violão) e Antônio (na bateria), e ainda do baixista e guitarrista grão-mogolense Denisar Mota. E quanta música boa rolou! Afinal de contas, Beatles é sinônimo de música de estupenda qualidade. Ainda mais na interpretação de dois jovens com um talento musical especial, o João Ícaro e o Antônio.

Por bem mais de uma hora escutamos e nos deliciamos com os acordes de "Girl", "O-bla-di, O-bla-da", "From Me to You", "Woman", "Here Comes the Sun", "With a Little Help From My Friends", "Get Back", "You've Got to Hide Your Love Away", "Stand by Me", "Ticket To Ride", "I Want To Hold Your Hand", "Here, There And Everywhere", "Hello, Goodbye", "Oh! Darling", "Helter Skelter", "Don´t Let Me Down", "Hey Jude", "A Hard Day's Night", "I am The Walrus", "Lucy in the Sky with Diamonds", "Revolution", "Dear Prudence" e para fechar a primeira parte do show, um clássico do Pink Floyd, "Confortably Numb". Simplesmente maravilhoso o show, mesmo com uma aparelhagem de som deficiente e muito barulho de conversa por todos os lados. Valeu e muito ouvir o som desses meninos, como também dos mais velhinhos, todos irmanados no prazer de tocar e apreciar música que jamais perde o encanto.


Uma explicação. Acho que quase ninguém, fora os que trabalham com isso, sabe o quanto é difícil editar um vídeo, não muito pela dificuldade operacional em si, mas pela dor que é ter que cortar e cortar muitas cenas especiais de uma filmagem com o intuito de apresentar um vídeo com uma duração mínima e acessível. Gostaria muito de poder fazer um vídeo de 15 ou 20 minutos apenas, mas não deu. Retirar as músicas que tanto amo, tão lindamente tocadas por esses meninos, me dilaceraria por demais o coração. Fica o registro longo na Internet de como a música impecável dos Beatles ainda consegue encantar gente nova e se perpetuar na história do mundo e nos corações beatlemaníacos como o meu. Beatles 4ever!
Um grande abraço espinosense.











1899 - Formatura de Bruno Tolentino Fernandes

Mais uma alvissareira notícia que chega da terrinha Espinosa me enche de alegria e orgulho. O jovem Bruno Tolentino Fernandes concluiu a faculdade de Engenharia Civil e acaba de se formar, recebendo o seu diploma ao lado dos familiares e amigos. 
Bruno é filho de Geraldo Marcos Fernandes Barbosa (Gerinha) e Rosemary Tolentino Fernandes (Rose). 
Acompanhei toda a infância deste menino tranquilo, inteligente e boa praça e fico imensamente feliz com esta sua grande conquista. Parabéns aos seus pais Gerinha e Rose, pelo constante e decisivo apoio e motivação para esta brilhante vitória.
Ao Bruno, o desejo de que sua trajetória pessoal e profissional seja coberta de muito sucesso, prazer, ética, humildade e responsabilidade. Que Deus esteja sempre ao seu lado, abrindo caminhos e o protegendo de todos os males. Felicidades e toda a sorte do mundo, garoto gente boa!
Um grande abraço espinosense.

Bruno entre os avôs Dozinha e Joaquim

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

1898 - O Festival Petrolettes

Um festival de motociclismo e música é uma oportunidade magnífica de diversão e prazer. Imagine então se esse festival for completamente dedicado a participação feminina. Essa ideia de reunir as mulheres apaixonadas por motocicletas em um festival partiu da cineasta Irene Kotnik, uma experiente produtora de mídia e imagens digitais. Depois de estudar arte digital e comunicação visual na Holanda e nos EUA, ela trabalhou por muitos anos em Nova York como cineasta e diretora de arte em cinema e publicidade. Chegando em Berlim, na Alemanha, ela se juntou ao grupo de motociclistas "Curves" e resolveu criar, em 2016, um evento de apresentações em duas rodas, com corridas, exibição de filmes e música ao vivo em um tranquilo aeroporto da região, o Neuhardenberg. Estava criado o festival Petrolettes, que na primeira edição anual conseguiu reunir cerca de 250 mulheres de 15 países da Europa. O evento conta só com a participação das mulheres, sem impedimento a qualquer idade e origem. Apenas no domingo de fechamento do evento, a presença masculina é liberada. A edição de 2018, a terceira, será realizada nos dias 20, 21 e 22 de julho.
Um grande abraço espinosense, em especial às ativas e destemidas meninas integrantes do grupo de motociclistas "Furiosas Sobre Rodas", que com toda a dificuldade, fazem coisa parecida em Espinosa. O meu apoio e profundo respeito a todas elas.












1897 - 2ª Copa Interestadual de Futsal Feminino

Os aficionados pelo esporte, o futsal especialmente, terão uma excelente oportunidade de diversão neste final de semana em Espinosa. É que a quadra do Ginásio Poliesportivo Municipal, que leva o nome do grande e saudoso desportista Mateus Salviola Antunes, irá receber dezenas de atletas de cidades de toda a região do Norte de Minas e do Sudoeste da Bahia. Essas mulheres aguerridas, talentosas e apaixonadas pelo futsal irão disputar o título da 2ª Copa Interestadual de Futsal Feminino, competição promovida pelo ativo desportista Tone Baiano com o apoio da Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de Espinosa e da Universidade Paulista (Unip) - Polos Espinosa-MG e Guanambi-BA. 
O evento esportivo terá a participação de nove equipes de cidades vizinhas e acontecerá nos dias 20 e 21 de janeiro, sábado e domingo próximos. O horário previsto para o início dos jogos é o das 14 horas. O sorteio dos dois grupos de competidores já foi realizado e ficou assim:

Grupo A:
Guanambi (BA)
Igaporã (BA)
Jaíba (MG)
Porteirinha (MG)
Verdelândia (MG)

Grupo B:
Caculé (BA)
Espinosa (MG)
Monte Azul (MG)
Nova Porteirinha (MG)


É de suma importância contarmos com pessoas determinadas e dedicadas ao esporte em todo o país, abrindo espaço para a socialização, a formação física e mental dos jovens atletas e a descoberta de talentos. Assim é que devemos sempre apoiar, valorizar e parabenizar o trabalho duro, difícil e importantíssimo de pessoas como Mateus Salviola, Drumond da M. Teixeira, Zé Rocha, Betão, Domingão, Alício de Peone, Sargento Anfilófio, Dezinho, Gibão, Alcebíades, Carlão, Wagner Oliva, Márcio Ronie (Piaba), Tone Baiano e tantos outros bravos guerreiros da cidade e da zona rural, na defesa do esporte como ferramenta de melhoria da nossa sociedade. 
Queria aqui pedir desculpas aos muitos batalhadores pelo esporte em Espinosa, em todos os tempos, por não relacionar seus nomes aqui, pelo simples fato de a memória não conseguir lembrar. Mas quero deixar registrado aqui o meu enorme respeito e admiração por todos. 
Um grande abraço espinosense.  

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

1896 - O menino prodígio Toby Lee

Preciso, antes de tudo, agradecer ao meu amigo José Leão Pereira Júnior pela especial dica publicada no Facebook. Trata-se de um garotinho britânico abençoado por Deus com um talento extraordinário. Seu nome: Toby Lee. Com apenas 12 anos de idade, o rapazinho faz misérias com a guitarra, dedilhando as cordas com extrema maestria e deixando de boca aberta de espanto aqueles que amam a boa música.
Tudo começou quando ele tinha 4 anos e recebeu de presente da avó um ukelele verde e amarelo. As cordas logo foram destruídas de tanto uso, tamanho o fascínio que o brinquedo causou no garoto. Aos 8 anos um presentaço: ganhou no Natal sua primeira guitarra elétrica de verdade. Um dia, no hotel em que estava hospedado, conheceu Mick Box, lendário guitarrista do Uriah Heep, o que o influenciou ainda mais no caminho do Rock and Roll e do Blues. A partir daí o menino não parou de tocar os riffs de Jimi Hendrix, Stevie Ray Vaughan, Gary Moore e BB King.


Para aprender mais sobre música, entrou para a The Witchwood School of Rock, sob a batuta da professora Aldie Chalmers. Seu desenvolvimento musical deu um grande salto. Ao saber que BB King estava adoentado, fez uma gravação de "Get Well Soon" e publicou na sua página do Facebook para homenageá-lo. O vídeo de Toby foi visto mais de 50 milhões de vezes. King morreu dias depois e duas filhas do astro do Blues entraram em contato com Toby para agradecê-lo pelo carinho com o pai.


Toby continuou a publicar suas performances na Internet cada vez mais angariando admiradores. Até o grande guitarrista de blues, Joe Bonamassa, compartilhou um dos vídeos de Toby em sua página e vaticinou que o garoto será certamente "um futuro superstar do Blues". A partir dessa constatação, a popularidade do garoto explodiu, o que o levou a se apresentar em programas de rádio, televisão e a ter espaço para se apresentar no palco ao lado de artistas renomados como a All Star Band e Walter Trout. Em 2015, Toby lançou um EP contendo cinco músicas, com participação da lenda do Blues Bernie Marsden e com produção de Laurence Jones.


Esta postagem vai como homenagem aos músicos d´Os Cardeais, e mais os meus amigos Fernando César, Júnior Leão, Leonardo Tolentino, Bruno Man, Fred Castro, João Terra e Rogério Castro. 
Um grande abraço espinosense.






sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

1895 - A Feirinha do São José em MOC

Ô trem bão, sô! Agora (ou já há um tempo) o povo montes-clarense tem um ótimo motivo para sair de casa às quintas-feiras para fazer a feira, comer algo gostoso, escutar uma boa música e se divertir em um tranquilo e aconchegante ambiente. É que funciona, desde agosto, na Praça Flamarion Wanderley no Bairro São José em Montes Claros, a "Feirinha do São José", uma excelente iniciativa da associação dos moradores do bairro com o respaldo da Prefeitura Municipal e com apoio do Banco do Brasil e da Emater, que pretende valorizar a agricultura familiar, com a oferta de produtos, pelos pequenos produtores do município, de alimentos produzidos sem agrotóxicos. A feirinha é muito bem organizada, com regras definidas para a participação dos feirantes e com presença constante dos funcionários da MCTrans e dos policiais militares na segurança. Ela funciona sempre às quintas-feiras das 18 às 21 horas, com a oferta de inúmeras opções de alimentos. Ali você poderá encontrar hortaliças, frutas, ovos caipiras, biscoitos, bolos, doces, farinhas, lanches, pastéis, acarajés, sucos, caldos, polpas de frutas, artigos de artesanato, sorvetes, pipocas e brinquedos para a criançada e cervejas geladas e tira-gostos para os adultos. O ambiente democrático aceita a presença de todos, sejam recém-nascidos, crianças, jovens, adultos, idosos e animais de estimação, todos em clima de harmonia e paz. 





É interessante perceber como boas ideias assim trazem benefícios para todos os envolvidos. Permite aos pequenos produtores a comercialização dos seus produtos hortifrutigranjeiros a um público bem numeroso, proporciona à comunidade essa ótima opção de compra de produtos de boa qualidade e possibilita a todos os comerciantes da praça um maior faturamento pelo incremento da freguesia. No final das contas, ganham todos: os feirantes, os consumidores e os empresários locais. Sem contar os que vão ali apenas para passear e se divertir com suas famílias e com seus animais de estimação.
Estive lá por duas vezes e adorei a experiência. Além de tudo o que foi descrito antes, o local ainda nos traz outro enorme prazer, o de encontrar pessoas queridas, amigos com quem nos encontramos quase sempre no dia a dia e até alguns com quem não nos deparávamos há anos. Por lá me encontrei com Luiz Carlos (Bazuca) e Rodrigo, companheiros de futebol na AABB, além de Messias e sua esposa, ele que foi gerente da rodoviária de Espinosa durante um bom tempo. Também lá me encontrei com Sheilinha, Rogerinho, Luiz Cláudio e Sayonara, e muito mais gente boa da nossa Espinosa.
E para completar esse arsenal de maravilhas da feirinha, ainda podemos nos deliciar gratuitamente de uma ótima e agradabilíssima apresentação musical do Clube de Choro de Montes Claros, que passeia pelos clássicos do cancioneiro popular brasileiro com enorme maestria. Imperdível! 
Um grande abraço espinosense.


1894 - Música boa da Banda República Casanova

O cenário musical de Montes Claros é extremamente rico, com talentos espalhados por todas as vertentes musicais. Vai de Téo Azevedo a Flavin Ribeiro; de Herberth Lincoln a Beto Guedes; de Elthomar Santoro a Banda Toque Xote; de Tião Carreiro a Beu Viana; de André Águia a Zé Coco do Riachão; de Wanderdaik a Lindomar Coimbra, de Bete Antunes ao Grupo Raízes, de Jukita Queiroz a Pepson Fernandez e tantas outras talentosas figuras mais.
Na seara do Pop-Rock está a banda montes-clarense República Casanova, formada pelos jovens Fred Castro (vocalista), João Terra Maciel (baterista), Paulo Henrique Câmara (baixista) e Pedro Brandão (guitarrista). Depois de iniciar a caminhada em Montes Claros, a banda se mudou para Belo Horizonte em outubro de 2016 e atualmente tem se apresentado em algumas das mais importantes casas de show da capital, além de tocar em algumas cidades próximas dali, como Lagoa Santa, Tiradentes e Sete Lagoas.
A história do grupo começou em 2010, com a participação de Fred e João e mais dois outros músicos, ainda com o nome de Mr. Jones. Devido a problemas de direitos de marca, a banda mudou o nome para República Casanova, posteriormente com a substituição de dois dos seus integrantes. Em 2013 o guitarrista Pedro Brandão se juntou à turma. Em 2014 foi a vez da entrada do baixista Paulo Henrique Câmara. Com influências diversas, sobretudo de ícones do Pop-Rock brasileiro como Nando Reis, Paralamas do Sucesso e Legião Urbana, os rapazes hoje fazem parte do elenco da Midas Music, gravadora fundada no ano de 2010 pelo produtor e empresário Rick Bonadio. Em 2016 eles lançaram o segundo EP, com quatro canções autorais: "Seja Breve", "Traz de Volta o Meu Amor", "Por Todo o Tempo" e "Corpo, Alma e Coração".
Eles já são bem conhecidos aqui em Montes Claros, pois fizeram há pouco tempo os shows de abertura de Emmerson Nogueira, Capital Inicial e Nando Reis. Também serviram como banda de apoio de nomes importantes da música nacional, como Tico Santa Cruz e Gabriel O Pensador.
Hoje, 12 de janeiro de 2018, a banda República Casanova estará se apresentando no evento Dark Festival, do SESC, na cidade de Januária, onde também se apresentarão o vocalista Toni Garrido e a banda Ira. 
Talento, esses rapazes tem bastante. Pena que o mercado musical atual do país não abre muito espaço para a boa música. Mas torço para que o trabalho deles seja conhecido, percebido e alcance notoriedade. Desejo muita boa sorte e sucesso a esses talentosos músicos montes-clarenses.  
Um grande abraço espinosense.




terça-feira, 9 de janeiro de 2018

1893 - A chegada de um novo ano em Espinosa

Quanto alívio, alegria e satisfação é estar de volta à velha casa, vivo e saudável, depois de renovar as energias na terrinha natal, Espinosa, nos eventos de final de ano. Se há muito o que comemorar, também existem fatos a lamentar profundamente. Os terríveis acidentes da véspera do Natal na rodovia MGC-122, em que tantas vidas foram perdidas, o falecimento do nosso digno e estimado conterrâneo Waldir do Bakana e as mortes de um menino de 11 anos e do seu pai que tentou salvá-lo do afogamento na comunidade do Tabuleiro, definitivamente deixaram bem menos felizes as comemorações natalinas e de passagem de ano. Quero realçar aqui o heroísmo deste pai que perdeu a vida na tentativa de salvar o seu filho, em um gesto de grandeza e amor infinito que só merece louvores. Aos familiares de todas as vítimas desses infortúnios, os meus mais sinceros sentimentos de dor, tristeza e solidariedade. 
Para devolver um pouco de alegria a mais esta viagem às raízes, vieram os encontros e reencontros com os familiares e amigos, o futebolzinho com a galera de Gibão (que sempre me acolhe tão bem), as boas conversas regadas a cerveja gelada neste calor insuportável do Sertão e as boas novidades percebidas no panorama da cidade. Além da chuva que caiu em alguns momentos, mesmo que ainda tímida. Fiquei contente em visualizar "in loco" as boas ações dos empresários da cidade bem como da administração municipal, que está mudando a "cara" da cidade positivamente, especialmente nos aspectos culturais, sociais e da gestão pública, mesmo em tempos econômicos e políticos terríveis. Foi gratificante reencontrar amigos que há muito não via (Rogério, Dim e Tonhão), receber o carinho e o apoio incondicional dos amigos e vizinhos no "acampamento" e desfrutar das companhias agradáveis em papos de boteco. Pena não ter conseguido me encontrar com alguns amigos de longa data, como Ernanni e o aniversariante Rildo, entre outros. Fica para uma próxima oportunidade, se Deus quiser.
Espero que o ano que agora se inicia nos traga um pouco de lucidez, empatia e reflexão. Que saibamos espalhar amor, compreensão e respeito aos quatro cantos do planeta, sem preconceito ou moderação. É simples demais da conta, sô: basta tratar os outros (quaisquer outros) com o carinho, gentileza, respeito e amor com que você gostaria de ser tratado. Não economize, faça isso com muita vontade e desprendimento. Assim você estará melhorando e muito a vida nessa nossa nave magnífica.
Um grande abraço espinosense.












   

sábado, 6 de janeiro de 2018

1892 - Falecimento de Dona Lita, mãe de Alair Giordani

Hoje recebi uma triste notícia, a do falecimento da mãe dos meus grandes amigos Alair e Francelino Giordani, a Dona Zélia, mais conhecida como Dona Lita. Dona Lita era uma mulher alegre, batalhadora, animada e feliz, sempre ao lado dos 12 filhos que criou com muita dificuldade, após a morte do marido. Com sua extraordinária força de guerreira, os direcionou a todos para o caminho do bem e da virtude. 
Ela partiu agora, aos 95 anos de idade, em direção aos Céus, deixando sua grande e unida prole com lágrimas nos olhos, tristeza nos corações e uma dor da perda nas almas que só quem experimenta sabe quão difícil é. 
Por isso, quero externar aqui aos meus amigos Alair e Francelino, a todos os seus irmãos e irmãs e aos demais familiares e amigos, a minha imensa consternação pela passagem de Dona Lita. Certamente Deus a estará recebendo com louvores no Paraíso. Que descanse em paz e que o Senhor derrame sobre seus familiares muita paz, muita paciência e muita resignação para suportar este terrível momento de sofrimento.
Um grande e fraterno abraço espinosense.






quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

1891 - Formaturas de Anna Cecília e Nicole Georges

O ano de 2018 já começou trazendo ótimas notícias. Ontem à noite, dia 3 de janeiro, as amplas e belas instalações da Igreja Nossa Senhora Rosa Mística em Montes Claros estiveram superlotadas com os familiares e amigos dos formandos em Medicina que participaram da Missa em Ação de Graças, um dos eventos das comemorações da formatura da "Turma Vicente Paulo de Oliveira" das Faculdades Integradas Pitágoras.
Entre as formandas em Medicina desta turma de 2012-2017, estão duas jovens estudantes por quem temos, eu e minha família, enorme admiração e carinho.
A primeira delas é a jovem Nicole Georges Lambrakos, filha de George Theodore Lambrakos e Valéria Aparecida Freitas T. Lambrakos.
A segunda é a jovem Anna Cecília Castro e Abreu, filha de Wilson Antônio Maia de Abreu e Teresinha Castro Abreu. 
Ambas as inteligentes e estudiosas garotas são especiais amigas do meu filho Renato e, consequentemente, pessoas da nossa mais profunda consideração.
Aos seus pais e demais familiares, o nosso respeito e estima e as congratulações pela contínua proteção e dedicação às filhas, dando o devido suporte para que estas vitórias fossem alcançadas.
Às meninas, Anna e Nicole, a nossa alegria e contentamento pelas conquistas de elevado valor, as felicitações pelos triunfos obtidos e o desejo mais sincero de muito sucesso na vida profissional, bem como na vida pessoal, e o exercício íntegro, ético e humanitário da profissão, com um tratamento aos seus pacientes fincado no respeito, na gentileza e na dignidade. Que Deus as abençoe! 
Um grande abraço espinosense.



1890 - Premiação dos alunos da Escolinha do Gibão

Um dos maiores entusiastas e incentivadores do esporte na cidade de Espinosa é sem a menor dúvida o cidadão Gílson Borges Rodrigues, o popular Gibão. Sempre lutando incansavelmente contra todas as adversidades financeiras e estruturais, Gibão continua sua trajetória brilhante na formação de jovens atletas no esporte e na vida.
Para arrematar mais um ano de dura batalha na educação dos garotos, o professor Gibão promoveu uma confraternização dos pais e alunos da sua escolinha de futebol. No seu centro de treinamento localizado no Bairro Cigano foram realizadas performances futebolísticas dos seus alunos, nas diversas faixas etárias, e até de alguns pais ali presentes, em uma descontraída pelada. 
Após as apresentações esportivas da garotada, em cerimônia realizada nas dependências do Bar Galoucura, o professor Gibão prestou conta, aos pais dos seus alunos, do seu trabalho ao lado dos seus fiéis auxiliares Cebolinha e Josias. Falou sobre sua longa trajetória na defesa do esporte espinosense, sobre as muitas crianças e jovens que estiveram sob sua responsabilidade e que hoje são adultos vitoriosos e exemplares na vida, alertou sobre as dificuldades de apoio no cotidiano e cobrou uma maior participação dos pais na educação e acompanhamento dos alunos.
Para motivar e reconhecer a participação e dedicação da meninada nos treinamentos do dia a dia e contando com a ajuda de vários pais, mães e outras figuras presentes ao evento, ele fez a distribuição de medalhas a todos os integrantes da sua escolinha. Para finalizar, houve uma concorrida confraternização entre todos os presentes, com os indispensáveis comes e bebes, em um ambiente de muita alegria e descontração. 
Um grande abraço espinosense.